Pe. Fábio Costa
Se faz necessário transpor a alma através das palavras.
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
FotosFotos
PerfilPerfil
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Meu Diário
02/06/2014 22h03
A vocação de São Mateus

Quando morava em Roma, passava semanalmente na Igreja de São Luis dos Franceses onde se encontram 3 obras de Caravaggio, diga de passagem, meu pintor favorito. Adorava ir aquela Igreja para contemplar estas obras maravilhosas e refletir a partir delas. A vocação de São Mateus era um desses quadros que me intrigava, ou melhor, ainda hoje me faz pensar sobre minha própria vocação. 

O cenário é um subsolo. Mesa posta e luz fraca que deixa a cena um pouco mais bucólica. O feixe de luz que penetra o ambiente vem por detrás daquele que faz o chamado... Jesus. Ele é a própria luz. Seu dedo a apontar para Mateus aponta sempre em minha direção. 

Transponho-me para cena. Sinto-me indigno de ser apontado por Jesus e chamado a uma missão, mas ao mesmo tempo não posso fechar meus olhos para a luz que ilumina minha alma, as vezes obscura pelas mazelas de minhas escolhas humanas. Mas como é o Senhor que me escolhe prefiro não temer. 

Quero mesmo é sair deste quarto escuro e vislumbrar a luz que emana Daquele que ama por primeiro.

Pe. Fábio Costa


Publicado por Pe Fábio Costa em 02/06/2014 às 22h03
Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.